Sociedades Ucranianas

Sociedade Ucraniana do Brasil – SUBRAS

Rua Augusto Stelfeld, 797  CNPJ  76573682/0001-93
Presidente : Roberto Oresten

Departamentos:

Grupo Folclórico Barvinok

Museu

Subotna Schola ( Escola do Sábado )

Organização Feminina

A Sociedade foi fundada em 07 de julho de 1922 no Distrito de Dorizon, Mallet, Paraná, sob a denominação de UNIÃO UCRAÍNA DO BRASIL, e em 28 de fevereiro de 1923 transferiu-se para União da Vitória, Paraná, de onde, no ano de 1934 veio para Curitiba, Paraná, incorporando então o Patrimônio e os sócios da Sociedade Taras Chevtchenko, fundada em 1908.
Em 1938 passou a ter a denominação de UNIÃO AGRICOLA INSTRUTIVA e em 1939 incorporou o patrimônio e sócios do CENTRO UCRAÍNO DE CURITIBA.
Por deliberação da Assembléia Geral Extraordinária, em 2000 passou a ter a atual denominação de SOCIEDADE UCRANIANA DO BRASIL.
Na sua fundação, a sociedade objetivava, primordialmente, o apoio aos recém imigrantes que se instalavam na região de Mallet e União da Vitória e depois se espalharam por outros municípios do Paraná. Este apoio passou a ser cada vez mais efetivo quando o trabalho na agricultura se solidificou, mesmo porque era a base do trabalho que era desenvolvido em terras ucranianas. Daí o nome União Agrícola Instrutiva. Desde sua instalação em Curitiba, a então União Agrícola, hospedou muitos filhos de imigrantes que vinham finalizar seus estudos em Curitiba, onde, posteriormente acabaram por fixar domicílio definitivo.
Entretanto, outras atividades foram sendo desenvolvidas pela Sociedade, dentre elas as de natureza cultural preponderaram, mais especificamente no folclore, com a manutenção das tradições ucranianas, através das danças, canções, da língua e outras atividades a ela relacionadas.
Com o passar dos anos e o desenvolvimento da agricultura, além da miscigenação natural dos imigrantes ucranianos fez com que a instrução agrícola fosse perdendo sua força dentre as atividades da Sociedade. Perdia a razão de ser do nome União Agrícola Instrutiva. Foi então que em assembléia extraordinária alterou-se o nome para Sociedade Ucraniana do Brasil.
Sem qualquer fim lucrativo tem por objetivo básico a congregação cívica, moral e intelectual, a preservação e o desenvolvimento da cultura ucraíno-brasileira, a recreação dos sócios e a prestação de assistência social aos ucranianos mais carentes.
Para que se atinjam adequadamente suas finalidades a Sociedade Ucraniana do Brasil – SUBRAS mantém desde 1924 o Jornal O LAVRADOR. O nome, por óbvio, resulta das origens da SUBRAS.
Este Jornal de periodicidade mensal objetiva, atualmente, manter a comunidade informada dos acontecimentos políticos, econômicos, religiosos e sociais da Ucrânia e do Brasil, além da manutenção do idioma ucraniano, visto ser editado com artigos em Ucraniano e em português.
Com os mesmos objetivos do jornal, há mais de cinqüenta anos a SUBRAS mantém um programa radiofônico semanal, que teve sua atividade interrompida ano passado ante o fato de que a rádio que o transmitia abruptamente deixou de fazê-lo pelo fato de ter sido adquirida por uma instituição religiosa que privilegiará programas desta natureza. Estamos em negociações para buscar uma nova casa para nosso programa.
Para a manutenção do idioma a SUBRAS mantém uma biblioteca com vários volumes de obras em ucraniano que permitem consulta a aspectos da história geral da Ucrânia.
A SUBRAS mantém de modo igual uma escola de língua e folclore ucraniano que funciona a aproximadamente 50 anos dentro das instalações do clube, todos os sábados. Lá, nossas crianças, a maioria descendente de imigrantes ucranianos e já em alguns casos na sexta geração, aprendem a base da língua, da cultura e do folclore (canções e danças).
As tradições folclóricas são mantidas na SUBRAS através do FOLCLÓRE UCRANIANO BARVÍNOK.
Fundado em 1.930 o Folclore Ucraniano Barvínok é o conjunto ucraniano mais antigo do Brasil.
São 78 anos de atividade, período em que o Barvínok tem se destacado na preservação e divulgação do folclore ucraniano, através de suas danças e canções, obtendo amplo sucesso em apresentações pelos Estados da Federação.
Em 1.988, representando toda a comunidade ucraniana do Brasil, participou, nos Estados Unidos e Canadá, das comemorações do Milênio da Cristianização da Ucrânia, realizando apresentações em dezesseis cidades destes países, destacando-se Chicago, Detroit, Nova York, Washington, Cleveland, Pittsburg, Toronto, Hamilton e Montreal.
Em 1992, 1993, 1996, 1998, 2002, 2005 E 2007, participou como convidado especial, da Middfest International, na cidade de Middletown, Ohio, E.U.A., tendo nestas oportunidades, como único representante do Brasil, se apresentado juntamente com grupos vindos de várias partes do mundo Em 2002, na mesma festividade representou não somente o Brasil, como também a Ucrânia.
Com aproximadamente 200 componentes, o conjunto de danças folclóricas está dividido em 03 categorias: juvenil, adulto e tendo também grande destaque, o coral.
Dentre as atividades departamentais, a cultural é representada pelo Museu que é mantido dentro da SUBRAS e que possui um acervo precioso das artes ucranianas trazidas pelos imigrantes ou produzidas por eles já em solo brasileiro.
São, portanto, 86 anos de atividades, podendo se afirmar, sem dúvida, ser a entidade sócio-cultural mais antiga dentre os imigrantes Ucranianos e que tem, atualmente os seus descendentes na luta diária para manter o seu patrimônio físico, cultural e social.

Sociedade dos Amigos da Cultura Ucraniana

Em 6 e 7 de julho de 1947 as lideranças da comunidade ucraniana no Brasil reuniram-se em Curitiba, na Rua Visconde do Rio Branco, 557, esquina com a Rua Martin Afonso, na antiga sede da então União Agrícola Instrutiva, hoje Sociedade Ucraniana do Brasil. Reuniram-se no que chamaram “Всеукраїнський Конгрес в Бразиліі”, Congresso Panucraniano no Brasil, para debater os novos rumos da comunidade, agora já com novo alento, pois a partir de 1946 já era Presidente Eurico Gaspar Dutra, e as perspectivas para os estrangeiros começavam a melhorar.

Saiba mais: tpuk.com.br

Sociedade Ucraniana Unificação

A primeira entidade ucraniana formada em São Paulo, data de 08 de dezembro de 1929 – Ukraínski Naródni Soiúz – registrada no Diário Oficial do Estado nº 1194 de fevereiro de 1930, tinha como principais objetivos auxiliar os sócios no desenvolvimento cultural, material e zelar pelos interesses da colônia ucraniana de São Paulo. Com o passar dos anos, o nome da entidade foi mudado para – Vilna Ukraína – e posteriormente para Ukraínski Ossierédok. Apesar das alterações de nome,a sociedade sempre foi muito ativa, realizando comemorações das datas nacionais ucranianas, organizando corais e grupos de teatro, além de jornais e revistas em idioma ucraniano que circulavam pela comunidade. Ao término da Segunda Guerra Mundial, chega uma nova corrente imigratória, que juntamente com os integrantes da sociedade Ukraínski Ossierédok, fundam a Sociedade Ucraniana Unificação, registrada oficialmente em 1949.
Mais Informações: Clique Aqui.

Clube Poltava

Rua Pará, 1035 – Água Verde – Curitiba – PR – Brasil. CEP 80610-020
Presidente Carlos Valdir Henze Jr.
O Grupo Folclórico Ucraniano Poltava foi fundado no dia 13 de junho de 1981, quando jovens descendentes de ucranianos, sentiram que em seus corações pulsava incessantemente o mesmo ideal: reviver algo da riquíssima e milenar cultura ucraniana, seguindo assim, os passos de seus pais e avós.
Reuniram-se então no Clube Poltava, em Curitiba, onde ensaiaram os primeiros passos daquele sonho que se realizava.
Sua estréia ocorreu no dia 9 de outubro do ano seguinte, quando da inauguração do Centro Religioso-Cultural Ucraniano Poltava.
Tamanho foi o sucesso daquela primeira apresentação, que, aquilo que foi idéia, contagiou, frutificou, tomou corpo, desenvolveu-se, e hoje é o Grupo Folclórico Ucraniano Poltava.
O nome Poltava deve-se à cidade do mesmo nome, que além de ser uma das mais importantes da Ucrânia, destaca-se como grande centro cultural da terra mãe.
O Poltava já tem 25 anos de ininterrupto trabalho na preservação e divulgação da cultura ucraniana. Cultura esta manifestada através de seu grupo de danças infantil, juvenil e adulto, coral adulto e juvenil, capela de banduristas e orquestra, reunindo ao todo mais de 200 integrantes que investem seu momento de lazer em prol desse rico e milenar folclore.
Por ocasião dos 20 anos, recebeu das mãos do Embaixador da Ucrânia no Brasil, Yuri Bohaievski um certificado emitido pelo Ministério da Cultura e Arte da Ucrânia.
O grupo é amador e, graças ao amor e à dedicação dos integrantes e colaboradores, tem ampliado sua atuação para diversas outras áreas nas quais vem obtendo grande êxito.
Mais informações: Clique aqui.

Associação da Juventude Ucraniana Brasileira – AJUB

A Associação Juventude Ucraíno-Brasileira é uma entidade sem fins lucrativos, fundada e gerida por jovens descendentes e simpatizantes da cultura ucraniana no Brasil. A atividade essencial da entidade é promover a cultura deixada pelos nossos antepassados auxiliando os jovens que lutam por este objetivo. No mês de fevereiro de 2011 realizou-se na cidade de Cruz Machado, Paraná, o XXXVIII congresso da entidade.